Tudo sobre E.V.A.

01.02

Tudo sobre e.v.a

A sigla E.V.A. significa Atileno Acetato de Vinila ou Espuma Vinílica Acetinada e é um produto que surgiu nos Estados Unidos, por volta da década de 50, muito utilizado na indústria de transformação. Já na década de 70, a indústria de calçados viu no E.V.A. uma alternativa viável para desenvolver partes dos calçados, já que o couro tinha se tornado escasso e estava com um preço alto.

A partir desse momento, vários tipos diferentes de indústrias passaram a enxergar no E.V.A. uma chance de lucro, já que é um material versátil com características que podem ser aproveitadas de diversas formas. Hoje em dia ele está presente em muita coisa: pisos de qualidade, solados e palmilhas, brinquedos infantis, brindes, material escolar, etc.

 

As principais características do E.V.A. são:

  1. É um material leve;
  2. De fácil manipulação;
  3. Pode ter qualquer pigmentação, atingindo desde cores vivas até as mais sóbrias;
  4. Grande variação de tamanhos;
  5. Grande variação de espessuras;
  6. Facilidade de conformação;
  7. Resiliência;
  8. Baixo custo.

 

  • Produção

O E.V.A. é feito durante várias etapas, através de fórmulas químicas que lhe garantem as características maleáveis. O maquinário é todo operado por mão-de-obra qualificada e profissionais do ramo. As etapas são:

Pesagem: É aqui que se dosa a quantidade correta de elementos das fórmulas através de balanças. Os componentes então são agrupados por similaridade em recipientes separados, a fim de evitar perigos de pré-reações antes da mistura.

Mistura: Nessa fase os componentes são então colocados em um misturador industrial. A massa resultante é levada a cilindros que fazem com que a mistura se torne homogênea e depois transportada a placas de compactadoras, que laminam o material nas espessuras e tamanhos desejados.

Prensagem: As placas são introduzidas em um maquinário de prensa, onde reticulam e se expandem rapidamente. É durante esse processo que se torna possível controlar características como dimensões finais, dureza e densidade da placa de E.V.A.

Acabamento: Aqui as placas são lixadas, requadradas, soldadas, bobinadas e rachadas, ou seja, adquirem a forma final de acordo com as especificações e com a finalidade de aplicação da placa.

 

  • Tipos de E.V.A.

Como vimos, durante o processo de produção é que se define o que acontecerá com a placa de E.V.A., e a AMS as produz de acordo com o máximo padrão de qualidade, bem como a tecnologia mais avançada do mercado que garante um produto final superior ao restante do mercado. Na AMS você encontra desde placas mais rígidas às flexíveis, de acordo com sua utilização e ótimo custo benefício.

Placa em E.V.A. 9010

Esta possui a característica de um material mais firme, indicado para uso geral ou de artesanatos e trabalhos manuais. São produzidas com cores altamente vivas e qualidade superior.

Placa em E.V.A. 6010

Possuem alta resiliência, ou seja, efeito memória: auxilia na facilidade do material em voltar para seu aspecto original. Produzida com matéria prima nobre, é leve e altamente flexível.

Placa em E.V.A. 1020

Tem o nome popular de “Borrachão para assoalho”, pois é frequentemente utilizada para forrar barcos de alumínio, caçambas de transporte, chão de academia e até solados de pantufas. Suas características são: maior rigidez, densidade e resistência.

Placa em E.V.A. 1060

Possui um uso direcionado a produtos que sofrem conformação de acordo com o acabamento final, como por exemplo, estojos de óculos, bolsas, malas e transporte de mãos para matérias frágeis. Sua matéria prima é mais compacta e por isso tem alta rigidez e maior densidade.

Placa de E.V.A. Mesclado

Geralmente são utilizadas para enfeites em decoração de festas ou materiais escolares, pois com elas se criam novos cenários, já que a mistura de cores auxilia em combinações de fundos que demorariam mais se desenvolvidos separadamente.

 

  • Limpeza

O tapete de E.V.A. é extremamente fácil de ser limpo, e cuidados para evitar acúmulo de pó e sujeira são suficientes para mantê-lo impecável. Veja como é simples:

  1. Utilize um aspirador de pó para tirar o excesso de pó do tapete.
  2. Em caso de manchas, limpe as peças separadamente com um balde de água morna e um produto de limpeza que seja antibacteriano.
  3. Esfregue a área suja com um pano e deixe o tapete secar completamente antes de utilizá-lo novamente.

 

Com essas dicas a água não infiltrará no tapete e o produto antibacteriano eliminará os germes contidos nele.

Não perca tempo e considere a utilização do E.V.A. como sua melhor opção de revestimento, sendo um aliado na segurança, conforto e praticidade!

Comentários
4 comentários
  1. Boa noite. Coloquei Piso Paviflex na minha cozinha e preciso dar um acabamento junto às paredes, entretanto, devido a característica da minha cozinha, com antigo rodapé curvo e algumas áreas curvas também, como minha pia, pensei em algum acabamento com EVA flexível. O que me sugere?

    1. Olá Tânia, tudo bem?

      Para maiores informações entre em contato conosco clicando em “Faça uma cotação” para que um de nossos profissionais possa te auxiliar.

      Atenciosamente,
      Equipe AMS EVA.

    1. Olá Weslley, tudo bem?

      Para maiores informações entre em contato conosco clicando em “Faça uma cotação” para que um de nossos profissionais possa te auxiliar.

      Atenciosamente,
      Equipe AMS EVA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *