QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE AS PLACAS CONVENCIONAIS DE EVA E A SUA VERSÃO ADESIVADA E QUAIS AS PRINCIPAIS APLICAÇÕES DE CADA UMA?

02.08

Placas de EVA

Aqueles que seguem o nosso blog já sabem: existem incontáveis tipos de EVA no mercado, cada qual com suas peculiaridades.
Não à toa, o EVA é visto como um dos materiais mais versáteis que existem, podendo ser usados em uma ampla gama de aplicações.
No texto de hoje, iremos fazer um breve comparativo entre dois tipos bastante populares de EVA: o convencional, ou seja, aquele que vem em chapas que podem ser instaladas e removidas facilmente, e o adesivado, que, conforme seu próprio nome sugere, possui adesivo em um dos seus lados, proporcionando maior aderência.

UMA VEZ COLADO, É POSSÍVEL REMOVER O EVA SEM ESTRAGÁ-LO?

Sim, e essa é, inclusive, uma das grandes vantagens do EVA adesivado; ele possui um lado adesivado, feito de tack permanente, um tipo de cola bastante resistente e durável, porém maleável — para fins comparativos, a cola do EVA adesivado é bastante similar àquela utilizada nos post-it, podendo ser removida várias vezes sem perder a sua capacidade de adesão.
Essa capacidade de reposicionamento nos leva a um outro ponto bastante interessante do EVA adesivado: ele oferece parte da flexibilidade e mobilidade da placa convencional, já que a sua cola não é permanente, porém com um pouco mais de aderência, sendo, portanto, altamente recomendado para os casos em que você deseja uma aderência superior, mas não necessariamente definitiva.

ONDE USAR CADA TIPO DE EVA?

Para muitas aplicações, pode-se usar tanto a placa convencional como a adesivada; em ambos os casos, o EVA cumprirá a função que se espera.
A principal diferença entre ambas ficará à cargo da fixação.
Quando se precisa de uma fixação mais forte, como por exemplo para a fabricação de peças técnicas para diferentes tipos de setores e indústrias, como a automobilística, a de eletrônicos, refrigeração e afins, o ideal é optar pelo EVA adesivado.
O EVA adesivado também é uma opção melhor naqueles casos em que é difícil fixar a placa convencional, como por exemplo em uma parede, por exemplo — a placa convencional irá cair da parede, ou, se estiver apoiada no chão, ficará bamba, não oferecendo um nível de proteção satisfatório; a placa adesivado irá ficar muito melhor fixada.
Por outro lado, quando se busca maior versatilidade e mobilidade, tal qual durante o revestimento temporário de um ambiente, o EVA convencional é uma opção melhor.

EXISTEM VARIAÇÕES DESSAS PLACAS?

Sim, no mercado você pode encontrar tanto a placa convencional como a placa adesivada em diferentes tamanhos, espessuras, cores e até mesmo texturas, em alguns casos específicos.

FICOU INTERESSADO? ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

Se você está querendo investir em EVA, seja ele de qual tipo for, não deixe de entrar em contato com a equipe da AMS antes de tomar qualquer decisão.
Somos uma empresa altamente especializada, que atua há anos nesse setor, colocando à disposição de nossos clientes uma ampla gama de soluções em EVA, inclusive peças técnicas e soluções personalizadas, quando necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *